+ Centrho

Dicas de Saúde

Dr. Feitosa responde
Terceira Idade

Atualmente a imagem do idoso antes, associada ao sedentarismo e a problemas de saúde, deu lugar a uma nova visão onde os idosos, passam a ser considerados pessoas ativas, dispostas a aprender e a se divertir.

 

Terceira idade é a situação na qual o ser humano atinge determinada idade – em geral após os 60 anos – onde o risco de contrair doenças é maior. Antigamente, o idoso era associado a doenças crônicas e degenerativas e, acima de tudo considerado improdutivo.

 

Novos conceitos são introduzidos na sociedade atualmente, a tendência é pensar no envelhecimento como um processo dinâmico, mas acima de tudo, uma fase em que é possível se manter uma Qualidade de Vida. A manutenção da independência e atividade física, são condições indispensáveis para se manter uma velhice saudável. Em vez de remédios, a grande meta é promover medidas preventivas e tratamentos multidisciplinares, que garantam ao idoso independência e disposição.

 

O conceito de saúde hoje, está ligado diretamente à manutenção da capacidade do idoso em desempenhar tarefas rotineiras, como se locomover ou se vestir sozinho. É por esta razão que hoje, tão importante quanto os medicamentos, são as terapias que possam devolver aos pacientes estas habilidades.

 

A população de idosos está aumentando progressivamente em nosso país. Estima-se que em 2020, mais da metade da população brasileira economicamente ativa será de idosos. Logo deixaremos de ser um país de jovens, para ser um país de idosos. Para se ter uma ideia do problema do idoso, há 15 anos era difícil encontrar um profissional de saúde interessado em cuidar especificamente de idosos – o profissional era considerado um charlatão.

 

No momento há um esforço concentrado para a formação de médicos especializados nessa área. Só recentemente a residência médica em geriatria foi instituída no Brasil. É preciso lembrar que na maioria das vezes, é o clínico geral quem primeiro atende o idoso. Logo, todos os médicos no futuro próximo, terão que ter noções de Geriatria.

 

Devido à idade é comum o idoso levar tombos. Tanto que consideramos fatores de risco para o idoso:

A.      História de fratura anterior;

B.      Sexo feminino;

C.      Visão ruim;

D.      Dificuldades para realizar atividades diárias;

E.       Morar sozinho;

F.       Falta de hábito de leitura.

 

Para evitar tais acidentes sugerimos os cuidados abaixo:

  • Na saúde;
  • Acompanhamento médico;
  • Visitando o oftalmologista regularmente;
  • Não se automedicar;
  • Praticar atividade física regularmente;
  • Exercitar a mente com leitura, jogos;
  • Em casa;
  • Evitar tapetes e/ou piso escorregadio;
  • Dispondo os móveis para deixar passagens livres;
  • Banheiro, tapete antiderrapante e braços de segurança no Box;
  • Ter corrimão em pelo menos um dos lados da escada;
  • Manter o ambiente iluminado.

 

Conselhos para a terceira idade: Descubra urgentemente tarefas para fazer que lhe dão prazer. Leia, dance, viaje, participe de reuniões, sociedades e pratique caminhadas regularmente (risco de menos de 50% de ter um IAM).

Copyright © Centrho Integrado de Saúde, 2009.
Todos os direito reservados.
Desenvolvido por MTODOS